Sobre Marusa

Apresentamos aqui no Projeto Brempex mais uma história de inspiração e que vai servir de motivação a muitas mulheres brasileiras no exterior que buscam empreender e se reinventar.  Marusa Barbara Dresch que vive na Alemanha.

Marusa Barbara

ESTETICISTA, ENFERMEIRA & PROPRIETÁRIA

https://www.floripa-spa.de/

  • Preto Ícone Facebook
  • Instagram
No exterior
MINHA HISTÓRIA

Marusa, há quanto tempo vive na Alemanha?

Moro na Alemanha há 10 anos.

E o que você fazia no Brasil antes de vir morar no exterior?

Bem, no Brasil eu me formei em Técnica de Enfermagem, mas sempre trabalhei com vendas e gerenciamento de equipes.

Conte-nos um pouco sobre sua família.

Sou casada há 12 anos com um brasileiro, e tenho 2 filhos nascidos na Alemanha( Kaio, 9 anos e Katerinne, de 2).

Por que escolheu a Alemanha para morar? Por que decidiu sair do Brasil?

Nossa ideia de sair do Brasil era somente para vivermos uns 2 ou 3 anos fora. Queríamos ter uma experiência fora do Brasil, conhecer novas culturas. Casamos no Brasil, compramos um apartamento, mobiliamos todo e fechamos a porta e fomos viver esses 2 anos fora. Apesar de já ter retornado ao Brasil em 2013 de mudança, não nos adaptamos de volta lá e decidimos viver na Alemanha até a velhice.

Como você vê a recepção do povo nativo com relação a brasileira empreendedora?

Os clientes não têm preconceito, eu é que tinha medo de sofrer preconceito. O cliente sabe e percebe que você é estrangeira e se decide ir até você, significa que ele não liga se você tem sotaque ou não sabe se expressar em determinadas situações. Ele quer um tratamento de qualidade, com sinceridade e a simpatia que o brasileiro tem de sobra.

O que faz hoje na Alemanha em termos de trabalho?

Então, em dezembro de 2017 inaugurei meu Florida Spa. Um conceito de Studio Urbano de Spa. Nunca tinha tido antes uma empresa e os desafios oram muitos.
Após ter me formado em Estética na Alemanha, já imaginava e planejava abrir meu próprio espaço com um conceito diferente. Foram 3 anos de preparação, economia financeira, pesquisas, cursos, planos e sonhos.
Meus primeiros móveis e macas comprei usados no Ebay e lembro muito bem que tive que adiar a inauguração por ainda não ter o dinheiro suficiente para comprar a linha de produtos da marca que escolhi trabalhar. Todas as reformas na sala foram feitas por mim e meu esposo e após 3 meses de trabalho consegui finalmente fazer a inauguração.
No primeiro mês não atendi ninguém, somente minha sogra que me pagou pelo tratamento e comprou os produtos para me motivar. No mês seguinte, fiz uma grande promoção, e divulguei em vários meios de comunicação e internet, com isso consegui pagar o aluguel e as despesas dos primeiros meses do Florida Spa. Após isso, os clientes foram se fixando.

Como foi o início da sua vida no exterior como empreendedora, e que barreiras você teve que enfrentar?

Bem, o início foi de muito trabalho O início foi muito trabalho, porém também de muitas alegrias. O mais difícil para mim era ter segurança em falar tudo em alemão com os clientes. Quando tocava o telefone, meu coração já acelerava só de ter que falar e explicar tudo em alemão para os clientes. Tinha muita insegurança de não conseguir explicar algo, ou não agradar o cliente. Tive que aprender sozinha e me adaptar a cultura de atendimento aqui da Alemanha. Também tive dificuldade em montar tratamentos e preços. Errei nos primeiros meses e depois fui melhorando e valorizando cada vez mais meu trabalho.

Que conselho você daria as futuras empreendedoras sobre a área em que atua e sobre como é empreender no exterior?

Você precisa estar segura que consegue oferecer um ótimo serviço, com isso o cliente confiará em você. Pense também que ser autônoma na Alemanha ou em qualquer outro país te obrigará a entender de administração, marketing e tudo o que envolve uma empresa e que o cliente é o seu chefe. Quando você conseguir dominar essas áreas, a sua rotina de trabalho será muito prazerosa.

Como o serviço que você oferece é visto no mercado internacional? Como se sente tendo seu próprio negócio no exterior?

O europeu é muito exigente em relação a qualidade de serviço, seu conhecimento e qualidade do produto. Ter uma empresa no exterior é um grande desafio e exige motivação, conhecimento e também investimento.

Quer fazer parte do nosso Projeto?

© 2020 Brempex 

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram